domingo, 4 de julho de 2010

Paixão

"Para meu irmão o ensinamento era claro. A cegueira é destina de quem se deixa tomar de assalto pela paixão: deixamos de ver quem amamos. Em vez disso, o apaixonado fita o abismo de si mesmo.
- Mulheres são como ilhas: sempre longe mas ofuscando todo mar em redor"

(COUTO, Mia. Antes de nascer o mundo. Ed. Cia das Letras. p.56)

2 comentários:

Bruno Batista disse...

Bom dia, meu caro!

Trecho muito interessante a respeito da paixão. Ótima escolha, pois sempre vem bem a calhar.

Abração!

I. Luiz Andrade disse...

É um contentamento saber que os meus comentários a respeito dos textos de A. L. Antunes pode proporcionar prazer. Percebo que, como eu, vc também é um apaixonado pela obra do ALA.
Um abraço, e obrigado pelo comentário.